4 DICAS ESSENCIAIS PARA SE DESTACAR NO MERCADO DIGITAL

4 dicas essenciais para se destacar no mercado digital

Mais do que um diferencial, dominar recursos tecnológicos é uma exigência, uma premissa básica para que você possa destacar-se no seu campo de atuação. Em todos os segmentos, conhecimentos sobre tecnologia podem representar um passo decisivo para aquela promoção almejada ou progressão na carreira.

Elencaremos aqui 4 dicas essenciais para se destacar no mercado digital, e não engrossar o coro dos inaptos em tecnologia, podendo assim apresentar soluções incríveis para suas demandas de trabalho. Vejamos:

1- Ter noções de programação 

Na coluna do jornalista Matt Richtel, no jornal New York Times, anunciou-se que em meados de 2004, a Programação tornou-se disciplina obrigatória em algumas escolas infantis americanas. Isso é um indicativo e tanto da imprescindibilidade desse conhecimento.

Claro que você não precisa tornar-se um especialista em todas as sintaxes de programação, mas conhecimentos básicos em HTML e CSS podem representar grande benefício para a sua carreira.

Com essas duas linguagens você pode alterar layouts do website da empresa ou até mesmo criar e-mails e newsletters com design personalizado para seus clientes.

2- Ser um expert em gadgets

Pesquisas recentes mostram que a maioria dos usuários não utilizam nem quinze por cento dos recursos de seus dispositivos mobile, limitando-se a aplicativos de redes sociais.

Com a progressivo aprimoramento dos microchips, os smartphones contam hoje com hardwares cada vez mais robustos, tanto em poder e velocidade de processamento quanto em capacidade de armazenamento.

Diversas são as aplicações que podem ser melhorar a produtividade e ampliar as possibilidades de atuação de qualquer profissional, tais como: aplicativos de gerenciamento de tarefas, agendas compartilhadas, aplicativos de mensagens de texto, de áudio e vídeo, entre muitos outros.

3- De olho na Transformação digital

Segundo dados do site Mobile Industry Review, somente no ano de 2015 mais de quarenta por cento da população terrestres estava conectada à internet, isso são cerca de 3 bilhões de usuários.

Essa digitalização do mundo reverbera de maneira incisiva no ambiente corporativo. No entanto, é preciso estar atento ao fato de que o uso de tecnologias inteligentes nos negócios provavelmente irá reduzir os postos de trabalho. Portanto, qualificação é a palavra de ordem para quem quer continuar atuante. Com o avanço dessas tecnologias no mundo corporativo, os funcionários terão que desenvolver atividades mais complexas, pois as mais corriqueiras ficarão mesmo a cargo das máquinas.

4- ​Big Data e o uso de dados externos para nortear tomada de decisões

O conceito de Big Data traduz-se nos 3 v’s: Volume, Velocidade e Variedade. O volume de dados com os quais se deve trabalhar justifica o termo Big, pelas quantidades absurdas de dados (Zettabytes) que são processados a cada instante. É preciso velocidade para trabalhar com esses dados, pois muitos deles podem ser relevantes para seu empreendimento. Por último, é preciso estar apto a analisar dados em diferentes locais na rede como em blogs, posts em redes sociais, reviews, etc.

Para trabalhar com prospecções cada vez mais precisas, estar up to date com o conceito de Big Data será muito em breve obrigatório para quem desejar se destacar no mercado.

Mas de que maneira isso se aplica aos negócios? Informações climáticas podem ser determinantes para design de peças de roupas e utensílios diversos; companhias energéticas também se utilizam de informações meteorológicas para planejamento, bem como empresas de aviação lançam de cruzamento de dados através de diversos sensores para evitar colisões. São infinitas as possibilidades de utilização de dados fora do contexto.

Essa é a desafiadora demanda por conhecimentos sobre tecnologia. Atualize-se acompanhando nosso canal no youtube: LINK AQUI

  • Anderson Silva

    Esta informação está errada:

    Segundo dados do site Mobile Industry Review, somente no ano de 2015
    mais de quarenta por cento da população terrestres estava conectada à
    internet, isso são cerca de 30 bilhões de usuários.

    A população mundial atingiu a marca de 7,2 bilhões de habitantes em 2013. Em 2017 já passamos de 7,5 bilhões de habitantes.

    O número correto seria perto de 3 bilhões de usuários, não 30 bilhões.

    • Vinicius Durbano

      Olá Anderson!!

      Você tem razão! Ao invés de 30 bi, são 3 bi. Acabamos de corrigir o erro de digitação.

      Muito obrigado pelo alerta e colaboração!

      Grande abraço!

      • Anderson Silva

        Não tem de que Vinicius. Parabéns pelo site e pelas informações compartilhadas com os colegas da área de TI.
        Abraço.

        • Vinicius Durbano

          Obrigado Anderson! Fico feliz que esteja gostando!!

          Grande abraço!


Compartilhe com um amigo!