6 problemas comuns em uma área de TI (e como evitá-los)

Para uma empresa manter-se estável e competitiva atualmente, em meio a um cenário de crise, é essencial que muitos problemas sejam antecipados antes de trazer qualquer impacto para a organização ou para seus clientes.

Por isso, no post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre os 6 problemas mais comuns que as empresas enfrentam ao lidar com a tecnologia da informação. Confira!

1. Hardwares e softwares defasados

Muitas empresas enfrentam problemas com a vida útil da tecnologia que usam. Um erro comum que ocorre muitas vezes é assumir que a vida útil de um PC é de quatro a seis anos. Embora seja completamente plausível que seu PC será executado por tanto tempo, é provável que ele vá precisar de reparos que, algumas vezes, custam mais do que um novo sistema.

Além disso, um hardware antigo e obsoleto é menos eficiente, aumenta a probabilidade de indisponibilidade, alimenta a frustração da equipe e do cliente, põe em risco as operações da organização e ameaça outras oportunidades perdidas.

Existem algumas ações que podem evitar esses problemas:

  • retirar o equipamento em ciclos de vida adequados;
  • padronizar componentes de hardware;
  • padronizar aplicativos de software;
  • trabalhar em estreita colaboração com os consultores de TI.

2. Proteção de energia inexistente ou ineficiente

Uma única falha na energia pode danificar componentes eletrônicos caros e resultar em perda de dados críticos, o que pode sair muito caro para o seu negócio. Para evitar essa situação, deve-se instalar dispositivos de no-break (com supressão de surtos incorporada) e garantir que um profissional de tecnologia verifique sua eficiência em uma base regular.

Os dispositivos de energia reserva devem ser comprados de fornecedores confiáveis ​​e substituídos quando necessário. Os serviços gerenciados de TI podem ser profundamente benéficos para determinar se os dispositivos de bateria de backup precisam ser substituídos.

3. Estratégias pobres de backup

Quando são utilizadas estratégias pobres de backup, pode ocorrer a perda dados críticos irreversivelmente.

O ideal para prevenir tais perdas é a utilização de rotinas de backup, que criem imagens do estado mais recente dos dados, com o objetivo de recuperá-los caso haja algum dano.

Também é importante garantir que as fontes de recuperação de dados, seja física ou em nuvem, estão sendo criadas corretamente e funcionarão se precisarem ser utilizadas. Para isso, devem ser feitas auditorias periódicas, onde testes serão realizados, assegurando que a organização está protegida contra desastres.

4. Falhas de segurança

A segurança deve ser um dos focos principais de toda organização que trabalha com tecnologia.

Caso a segurança de uma empresa seja violada, dados críticos podem ser apagados, danificados, roubados, sequestrados e/ou expostos. Caso sejam dados de clientes, estes podem mover ações contra a empresa, exigindo ressarcimento pelos danos sofridos.

É vital criar políticas e estabelecer métodos de proteção tanto contra falhas internas, como acessos indevidos e utilização de tecnologias não autorizadas pela organização, o chamado “Shadow IT”, quanto contra ataques externos, como ataques DDoS e sequestro de dados.

Caso use serviços na Nuvem, também é preciso garantir que o provedor do serviço tem preocupação com a segurança de seus servidores.

5. Conectividade ruim

Hoje em dia, todo tipo de operação é realizada por meio da internet, e esse cenário não muda dentro das empresas, pois a maior parte das atividades das organizações depende da conexão com a web.

Contudo, nem todas as empresas preocupam-se em adquirir equipamentos necessários para suportar o uso de internet 24 horas por dia, durante 7 dias da semana.

Como resultado, podem ocorrer quedas na conexão por períodos, muitas vezes, prologados, o que traz inúmeros prejuízos para os negócios.

É importante implementar equipamentos de qualidade que suportem boa conectividade e velocidade na Internet, além de estruturar a conectividade com links de contingência e recursos que possibilitem a alta disponibilidade de link.

6. Falta de suporte especializado

Talvez o aspecto mais importante da tecnologia da informação é manter um bom relacionamento com um provedor de serviços gerenciados de TI confiável.

Muito dos problemas técnicos acima podem ser evitados com um simples passo: escolher uma equipe de suporte técnico com cuidado. Você deve garantir que os profissionais de tecnologia que trabalham para sua empresa são legítimos e qualificados em seu campo, além de trabalharem com recursos de monitoramento pró-ativo, ao invés de reativo.

Gostou do artigo de hoje? Então, siga-nos no facebook e assine nosso canal no Youtube para mais conteúdos como esse!


Compartilhe com um amigo!