Análise de riscos de segurança: proteja-se do ransomware

A análise de riscos de segurança trata-se de um método de identificação de riscos e de avaliação dos possíveis danos a serem causados em situação de ataque, a fim de justificar os controles de segurança.

 

Assim, ela tem três objetivos principais: identificar riscos, quantificar o impacto de possíveis ameaças e encontrar uma estabilidade financeira entre o impacto do risco e o custo da contramedida.

 

Pode-se dizer, então, que a análise de risco conecta disponibilidade, integridade e confidencialidade.

 

Esse método é uma das principais armas de combate e prevenção contra ataques ransomware.

Mas o que são ataques ransomware?

 

Ransomware é uma terminologia vinda do inglês (ransom + malware). Ransom significa “resgate”. Enquanto malware é um malicious software (software malicioso).

 

Conhecido também como vírus de resgate, trata-se de um crime cibernético baseado em cripto virologia (campo que estuda como usar criptografia para projetar softwares maliciosos poderosos).

 

O delito pode ser resumido em uma ameaça de publicação de dados da vítima ou de bloqueio permanente de acesso, a menos que um valor (resgate) seja pago.

 

Por se tratar de um ataque de extorsão criptoviral, a recuperação dos arquivos sem a chave de decodificação é um problema intratável.

 

Esse ataque é baseado em vulnerabilidade, não sendo direcionado a um destino específico.

 

E o hacker tem conhecimento do sucesso da operação quando a vítima o contata para recuperar as informações roubadas ou acessos perdidos.

 

O usuário imediatamente descobre que seu sistema foi infectado por algum malware capaz de criptografar todos os dados no seu HD, tornando-o inutilizável.

 

Surge, então, uma mensagem dos criminosos exigindo o “resgate”.

 

É, portanto, um malware que sequestra (criptografa) os seus dados ou o controle do seu sistema, e exige um resgate mediante pagamento.

Resgate

O pagamento de um “resgate” é o objetivo dessa infração e a vítima é coagida a realizar o pagamento pela remoção do ransomware – o que pode ou não ocorrer.

 

A transação do valor pago é feita através de sistema de pagamento conveniente ao criminoso e difícil de rastrear (criptomoedas).

 

O rastreamento das moedas digitais usadas para os resgates é complicado, o que torna os processos de busca e processamento de criminosos ainda mais trabalhoso.

 

E como fazer para retirar esse malware do seu sistema? Para tal, é necessário contar com um programa para descriptografar os arquivos ou um código de desbloqueio que desfaz o payload é fornecido pelo hacker.

 

Porém, não existe garantia de que ele fará isso.

 

Logo, pagar o resgate não assegura a devolução das suas informações e alimenta o crime digital.

Análise de riscos de segurança vs. Ransomware

O processo de análise de riscos de segurança deve se iniciar antes que você sofra um ataque cibernético do tipo ransomware.

 

A importância de prevenção fica mais clara quando sabe-se que se leva, em média, 101 dias para que um malware seja detectado.

 

E, sabe-se que, aproximadamente 30.000 a 50.000 dispositivos são infectados mensalmente por ataques ransomware; sendo que os números ultrapassam 4.000 ataques diários.

 

Com a metodologia aplicada, a sua empresa inicia os trabalhos com medidas de segurança básicas para que não sofra grandes danos com esse cibercrime.

 

Os objetivos dessa estratégia são:

 

  • Identificar potenciais ameaças à segurança de TI e sua probabilidade aproximada de ocorrência;
  • Identificar o valor dos ativos caso sejam atingidos e, com isso, danificados ou violados;
  • Identificar, através dos valores quantificados, as atividades mais adequadas e econômicas para proteger o ambiente;
  • Definir e gerenciar normas de procedimento para gerenciamento de riscos de segurança;
  • Integrar o gerenciamento de riscos de segurança ao ciclo de vida e à infra-estrutura de TI;
  • Definir processos de aprimoramento da especialização em gerenciamento de riscos na empresa.

 

Além da existência de um antivírus atualizado e completo, o primeiro passo para se proteger é a existência de um backup atualizado de seus arquivos em unidade externa não conectada à rede, podendo ser um backup em cloud ou físico.

 

Caso se torne vítima de um ataque, essa medida faz com que seja possível restaurar seus dados sem pagar pelo “resgate”.

 

Lembre-se que o antivírus não bloqueia o ataque, pois o malware, muitas vezes, não está na máquina.

 

É de extrema importância ser cauteloso com e-mails desconhecidos e com download de arquivos suspeitos.

 

Esse tipo de ataque geralmente começa com um e-mail contendo um malware anexado ou um link para um site malicioso.

 

Existem casos em que um pop-up ad aparece na tela do usuário, dizendo que ele foi infectado e que precisa clicar no link fornecido para solucionar o problema.

 

Um grande desafio na implementação de uma análise de riscos de segurança é integrar os objetivos do programa de segurança aos objetivos e requisitos da empresa.

 

Para isso, todos os objetivos devem ser alinhados e, um trabalho em parceria com uma consultoria de qualidade facilita esse processo.

 

Muitas outras medidas podem ser sugeridas para o seu negócio.

 

Alguns exemplos são:

 

  • Manter isolados de redes computadores de importância crítica;
  • Realizar o controle de infecção baseado em desconexão de dispositivos infectados e aplicação de medidas corretivas.

 

Porém, um planejamento de análise de riscos de segurança bem sucedido ocorre quando realizado com uma consultoria que analisa as suas vulnerabilidades e pontos críticos.

 

A análise de risco pode ajudar a sua empresa a delinear um orçamento adequado para um programa de segurança e os componentes de segurança que formam esse programa.

 

Para isso, você precisa conhecer o valor dos seus ativos e entender as possíveis ameaças a que eles estão expostos.

Mas e se eu sofrer um ataque sem ter me prevenido? O que posso fazer?

Quando você já se tornou uma vítima de um ataque ransomware, a solução é remediar a sua dor.

 

A empresa parceira, que presta consultoria e suporte de análise de riscos de segurança, é a ideal para você verificar a sua melhor saída.

 

A Eco IT é especialista em segurança digital, backup e recuperação de desastres para proteção de informações e dados locais, virtuais e em nuvem com objetivo de continuidade de negócios.

 

Com 10 anos de mercado, a empresa já atendeu diversos casos e possui um script padrão para a resolução do seu problema.

 

Esse guia é baseado em:

 

  • Busca de “vacinas”;
  • Descriptografia de arquivos;
  • Aplicação de anti-malware;
  • Remoção do malware;
  • Verificação de estado do sistema;
  • Restauração do sistema operacional;
  • Criação de VSS Shadow Copy;
  • Cópia sombra do Windows;
  • Recuperação de HD;
  • Indexação de arquivos.

 

E quando se trata de análise de riscos de segurança e prevenção contra ataques ransomware, a Eco IT pode, com certeza, te ajudar:

 

  • Fazemos análise dos arquivos criptografados a partir de 2 horas úteis;
  • Você estará em contato com analista de segurança da Eco IT para entender seu cenário de TI;
  • E será informado dos procedimentos para tentativas de recuperação de dados da sua empresa;
  • Entregamos os procedimentos e tecnologias para proteger os seus dados de acordo com seu negócio.

 

A Eco IT é sua parceira para cuidar do que mais importa durante a análise de riscos de segurança da sua marca: a continuidade do seu negócio! Conheça mais dos nossos serviços!


Compartilhe com um amigo!