3 casos de empresas que sofreram por não ter backup profissional em nuvem

3 casos de empresas que sofreram por não ter backup profissional em nuvem

Segurança de dados é um cuidado que todas as empresas devem ter, mais do que uma necessidade é uma mudança de hábito que deve ser inserida na rotina da equipe. Muitas corporações já sofreram sérios problemas e danos com ataque de ransomware, prejudicando boa parte de seus arquivos e informações.

  • Relembre o que é ransomware:

Para quem ainda não conhece, o ransomware é um tipo de malware que age como um “vírus sequestrador”. Ele rouba as informações da vítima e em troca da liberação faz um pedido de resgate, que muitas vezes envolve altos valores. Muitas empresas até pagam o resgate das informações, mas boa parte delas não consegue o acesso de volta, e como o valor é pago em Bitcoin (moeda virtual) é quase impossível rastrear o criminoso.

Empresas atingidas pelo ransomware

Em julho de 2017 várias empresas, bancos e instituições financeiras foram atacadas em todo mundo, os países mais atacados foram Ucrânia, Rússia, Reino Unido e Índia, de acordo com a agência governamental da Suíça. No Brasil os órgãos públicos foram os mais afetados, mas algumas empresas também sofreram com este problema.

A lista não é pequena, mas vamos mostrar para você um resumo de 3 empresas que já foram atingidas pelo vírus sequestrador aqui no Brasil e o prejuízo que tiveram.

Uber

O Uber foi uma das empresas que entraram na lista das afetadas pelos ataques de ransomware. Em Outubro de 2016 ela teve dados de mais de 56 milhões de usuários do aplicativo roubados, entre eles 50 milhões de passageiros e 7 milhões de motoristas.

Os dados incluíam nomes, e-mails, e número de celular. Informações mais críticas como número de cartão e contas bancárias não foram roubadas, porém mais 600 mil motoristas norte-americanos tiveram seus números de licença obtidos por hackers.

O motivo principal que facilitou o ataque foi a presença de dois cibercriminosos que trabalhavam internamente na empresa. O que mostra a importância de contar com uma Documentação para Segurança da Informação.

Prefeitura de Antonina – PR

A Prefeitura de Antonina no Paraná também foi atingida por um ataque de ransomware. Os hackers invadiram o Portal da Transparência e sequestram todos os dados públicos e, inclusive, informações de movimentações financeiras.

Todos os links que envolviam dados financeiros, de licitação e arquivo de informações públicas exibiam mensagem de erro. Os hackers solicitaram o pagamento do resgate em bitcoins para devolver os dados roubados. O portal só foi restabelecido graças ao backup completo de dados que a prefeitura possuía.

Prefeitura de São José – SC

A Prefeitura de São José também foi vítima do ransomware e, por duas vezes no mesmo mês, teve seu sistema desativado. O ataque atingiu o banco de dados, que só conseguiu restabelecer seu sistema por meio da recuperação de backups.

Ou seja, mesmo tendo sofrido o primeiro ataque, a Prefeitura não criou um plano B para esse tipo de situação e ficou novamente refém de cibercriminosos.

Backup profissional exige disciplina, documentação e testes

Diante desses casos, é possível perceber a importância do backup profissional nos processos de recuperação de dados. Ninguém está imune aos ataques cibernéticos, por este motivo é preciso ter cuidados redobrados com as informações da empresa.

Uma das formas mais eficazes de se proteger, é manter os dados da organização  armazenados e atualizados em um ambiente seguro que ofereça tecnologia de ponta para backup profissional e recuperação de desastres, justamente para garantir a continuidade do seu negócio.

Ao falar sobre dados, disciplina para execução periódica do backup, documentação na segurança da informação e realização de testes recorrentes para evitar erros no backup são pontos cruciais para estar protegido.

Conheça as soluções de backup em nuvem que a Eco IT pode te oferecer e garanta a proteção dos dados locais e virtuais da sua empresa. Serviços que oferecem garantia de 99,9% de disponibilidade, imunidade a Hackers, roubo e perda de dispositivos.


Compartilhe com um amigo!