Como ajudar seus clientes a diminuírem custos em TI: 5 atitudes práticas

Muito além de oferecer produtos e serviços, hoje para ter sucesso, sua empresa precisa oferecer inteligência e valor em suas soluções. E se elas estiverem relacionados com economia, melhor ainda.

Cada vez mais cobrada e exigida em termos de inteligência, a área de TI passou também a ser cobrada em termos de redução de custos e otimização de investimentos. Isso acontece devido ao seu custo considerado alto – 5% ou mais em algumas indústrias, e sua contribuição direta para receitas e lucros difícil de avaliar.

Mas com uma infraestrutura adequada de TI, é possível sim reduzir custos operacionais e ganhar maior produtividade, eficiência e rentabilidade, características essenciais para melhorar a competitividade da empresa e alcançar novos e melhores mercados. Por isso confira 5 dicas para ajudar seus clientes a economizarem mais:

#1 Analisar e investir em soluções para evitar as interrupções (e apostar em cloud computing)

Segundo o Gartner, 70% dos gastos que as empresas têm com TI estão relacionados com a infraestrutura. Uma forma de resolver isso é migrar sistemas para o cloud computing.

Por estar completamente online, disponível, integrado e não contar com necessidade de servidores físicos, cloud computing tornou-se um dos principais aliados para a redução de custos (com valores de acordo com o pay-per-use e completamente customizável) e aumento de produtividade.

A computação em nuvem é a chave para empresários que desejam promover o crescimento da empresa sem ter que fazer grandes investimentos. Além disso, o processo de tomada de decisões fica mais simples e rápido, com o acesso às informações de onde estiver e pelos mais diversos devices.

#2 Virtualizar seus servidores

(Essa segunda dica tem muita sinergia com a primeira)

A virtualização de servidores permite maior densidade e qualidade de utilização de recursos, como hardware, espaço e até energia elétrica, por exemplo. Com ela, é possível consolidar e melhorar a infraestrutura de servidores da empresa, evitando o seu mau aproveitamento.

Outras vantagens da virtualização: agilidade para desenvolver novos serviços, compatibilidade com aplicações, economia de espaço físico, segurança e facilidade na recuperação em caso de desastres.

#3 Automatização de processos

Automatizar processos é a melhor forma para ganhar competitividade econômica e agregar valor a novos projetos, pois permite um gerenciamento com excelente custo-benefício, simplificação de tarefas rotineiras, redução de custos com mão de obra e diminuição da margem de erros em projetos, além de entregar dados e resultados mais precisos sobre as rotinas da empresa.

As ferramentas utilizadas para automatizar os processos de TI, por exemplo, podem diminuir a necessidade de um grande número de trabalhadores para realizar um serviço. Além disso, com um quadro de funcionários menor, os custos com treinamento e capacitação diminuem bastante.

É possível, inclusive, integrar diversos aplicativos e softwares, gerenciando melhor o tempo no seu negócio, o que se traduz em maior rentabilidade. Para saber mais, leia: Zapier: saiba como gerar economia através da integração de aplicativos

#4 Avalie os sistemas utilizados

É essencial identificar e separar quais sistemas funcionam e estão em sinergia com o seu negócio, daqueles que puxam os seus resultados para baixo. Uma forma simples de fazer isso é comparar a relação entre investimento x rendimento, eliminando os recursos com baixo desempenho.

Também é possível investir em uma solução de gestão especializada de TI voltada para o seu segmento de atuação, desenhada para atender demandas particulares e que possam ser customizáveis para atender as especificidades do seu negócio.

#5 Terceirização de processos ou tarefas

Segundo uma pesquisa feita pela IBM, 39% das empresas que investiram em terceirização afirmaram que ela trouxe resultados concretos, tornando-se um diferencial para o negócio.

Isso acontece porque, enquanto a empresa foca no que é crucial para o seu negócio, um parceiro estratégico (com inteligência na tarefa delegada) aproveitará melhor os recursos disponíveis para produzir mais e com qualidade, diminuindo os gastos. Isso pode garantir que a empresa mantenha-se sempre competitiva, com profissionais e ferramentas de alta qualidade e custos completamente sustentáveis. O sonho de todo gestor!

Agora, além de fazer o dever de casa e entender o que pode ser melhorado, para uma empresa manter-se estável e competitiva atualmente, é essencial que muitos problemas sejam antecipados antes de trazer qualquer impacto para a organização ou para seus clientes.

Se você ficou curioso só o assunto, confira agora: 6 problemas comuns em uma área de TI (e como evitá-los)


Compartilhe com um amigo!