Passo a Passo: como começar a migrar o seu backup para a nuvem

O backup em nuvem traz inúmeros benefícios e facilidades para as empresas, mas para que ele desempenhe um papel realmente efetivo, é preciso saber como aplicá-lo da forma correta. Depois de tomada a decisão de utilizá-lo, a maior dúvida é:

Como faço para migrar o backup da minha empresa para a nuvem?

Neste post vamos dar um passo a passo sobre como aderir esta tecnologia de forma segura e torná-la uma solução assertiva para a sua empresa.

Além dos benefícios que todos já conhecem, o cloud backup capacita as empresas para a transformação digital e ajuda a impulsionar o crescimento da mesma, abrindo a possibilidade para realização de novos modelos de negócio, afinal, ao proteger e garantir a continuidade dos seus negócios, você fica livre para pensar em estratégias de crescimento (confira como a nuvem pode ajudar na estratégia do seu negócio). Para começar este processo e para que ele não gere dor de cabeça, é preciso respeitar uma série de etapas.

  • Passo 1 – Planejamento

O planejamento é o passo mais importante de todo este processo, é ele que irá garantir a efetividade do resultado para a sua empresa. É muito importante reunir as equipes envolvidas como diretoria executiva, diretoria ou gestão de TICIO e os colaboradores que irão utilizar a solução para analisar as reais necessidades da corporação com relação ao backup em nuvem. Levante pontos como:

  • Fazer uma lista de prioridades das informações e arquivos que serão salvos na nuvem;
  • Como esta nova ferramenta poderá beneficiar e ajudar cada um dos setores da empresa;
  • Traçar diretrizes e próximos passos para a utilização do backup e políticas de acesso.

 

Nesta etapa também é importante analisar parceiros especializados que possam lhe fornecer maior segurança durante o processo (como a Eco IT), informação e profissionais capacitados para desenvolverem este trabalho junto com a sua empresa e, se possível, dividir experiência com empresas que já utilizaram esta solução e foram bem-sucedidas no processo.

  • Passo 2 – Escolha da tecnologia

No meio de tanta tecnologia disponível é importante selecionar a que melhor atende às necessidades da sua empresa. Apesar do conceito de nuvem ser um só, existem 3 tipos diferentes de cloud que são direcionados à necessidades específicas

  • Nuvem Privada: Os serviços disponibilizados nesta solução tem configurações específicas  e direcionadas para atender determinados tipos de empresa. A nuvem privada oferece uma infraestrutura dedicada e personalizada às demandas da contratante e conta com um elevado nível de controle, segurança e privacidade.
  • Nuvem Pública: os serviços da nuvem pública utilizam servidores armazenados em Data Centers externos e estão diretamente atrelados à internet. A infraestrutura desta solução é compartilhada por diversos clientes e os protocolos de internet são as formas de interação mais utilizadas. Ela possui segurança para trabalhar com dados corporativos, porém com um nível de especificidade bem menor.
  • Nuvem Híbrida: Este tipo de serviço combina as duas soluções citadas anteriormente, tendo benefícios e configurações tanto da nuvem pública quanto da privada. Nesta solução, a empresa poderá guardar determinados dados (que necessitam de maior segurança) em um espaço privado e outros em um espaço público.
  • Passo 3 – Migração

Chegou a hora de migrar seus dados para a nuvem. Depois de definido todo planejamento e tecnologia, é importante realizar uma organização completa do conteúdo e dividi-los por categorias e cargas de trabalho, como tipo de usuário, dados, aplicação etc.

Com isso, você terá um acesso posterior muito mais organizado e seguro. Tenha atenção e cuidado durante o processo, alguns erros podem comprometer o resultado final do seu backup, como definições de níveis de acesso, por exemplo.

  • Passo 4 – Consultoria e gestão

Ao tomar a decisão de migrar o backup da sua empresa para nuvem é preciso consultar um especialista. Além de te ajudar com as etapas anteriores, ele irá realizar um processo de planejamento e oferecerá todo o suporte que a sua empresa precisa para este trabalho. Além de elaborar uma Política de Backup e controle de acessos para prevenção e continuidade em momentos críticos.

Só você sabe como estes dados e informações são importantes para a sua corporação, por isso realizar este processo de forma amadora não é uma boa ideia.

A gestão do backup em nuvem é outra questão que merece cuidado e atenção, afinal é imprescindível para qualquer empresa que utiliza um data center. A estabilidade e segurança do seu backup também depende esta etapa, mas isso já é assunto para um próximo post.

Com o cloud backup em mente, confira o quanto a sua empresa está preparada para lidar com um ataque digital.


Compartilhe com um amigo!