Entenda a diferença entre software de sincronização e de backup

Você sabe a diferença entre um software de sincronização e de backup? Muitas vezes, por falta de conhecimento, gestores de TI acabam escolhendo a opção errada para proteger os seus arquivos pessoais ou corporativos. As ferramentas de backup e sincronização de arquivos ganharam espaço nos últimos anos com o aumento da necessidade de empresas manterem os seus registros seguros.

Cada uma das soluções possui as suas vantagens e desvantagens. Enquanto o software de sincronização permite o acesso a um documento de texto em qualquer lugar do mundo, uma ferramenta de backup pode ser útil caso alguma alteração não autorizada em um arquivo ocorra.

Se você quer saber qual dessas ferramentas se encaixa no seu perfil, basta ler o nosso texto de hoje.

Software de sincronização: aumentando a nossa mobilidade

Os softwares de sincronização de arquivos ganharam forma nos últimos anos com a popularização da internet móvel e das conexões sem fio. Com o aumento da portabilidade causado pelos smartphones, tablets e notebooks, serviços como Google Drive e Microsoft OneDrive passaram a ser utilizados por quem procura ter acesso aos seus documentos em qualquer lugar do mundo.

A sua principal característica é executar o rastreamento de mudanças em diretórios de dados. Caso algo novo seja detectado, a ferramenta faz o upload dos novos arquivos para um servidor remoto. Assim, em todos os dispositivos eletrônicos onde o usuário esteja sincronizando as suas informações, essa mudança aparecerá.

Além disso, esse tipo de ferramenta é ideal para quem procura ter mais mobilidade, uma ferramenta para compartilhar arquivos com outras pessoas ou trabalhar em grupo. Com apenas alguns cliques, é possível enviar para um contato um link que permite a visualização ou alteração de uma planilha, foto ou vídeo em um navegador web.

Software de backup: segurança e integridade para os arquivos mais importantes

O backup de dados é uma rotina comum na maioria das empresas com estruturas de TI complexa. Muitas vezes confundido com os serviços de sincronização de dados, as ferramentas de backup possuem objetivos e funções diferentes.

Um software de backup completo permite a criação de pequenos snapshots automaticamente em uma mídia externa ou em na nuvem. Dessa forma, a cada alteração de arquivo ou mudança de configuração, um “espelho” do que foi criado será armazenado. Caso algum sistema falhe ou arquivo seja apagado, basta restaurar os dados novamente.

Principais diferenças entre softwares de backup e softwares de sincronização

Entender a diferença entre software de backup e software de sincronização é fundamental para criar uma boa estratégia de gestão de informações em um ambiente privado. Em muitos casos, uma solução de sincronização não permite o versionamento de dados (armazenar várias cópias de um arquivo ou configuração de datas diferentes). Já as soluções de backup podem não permitir o acesso a um arquivo específico remotamente, uma vez que o seu principal objetivo é a cópia e não o compartilhamento de uma informação em várias plataformas.

Para escolher a ferramenta correta para o seu tipo de uso, gestores de TI devem focar naquilo que buscam para si. Se o objetivo for apenas o acesso a várias informações em múltiplos locais, a melhor escolha é o uso de softwares de sincronização. Ele aumenta a mobilidade do usuário, garantindo que ele consiga verificar uma planilha, documento de texto ou foto em qualquer local com acesso à internet.

Já aqueles que buscam apenas manter a sua estrutura de dados salva e pronta para ser utilizada quando algum dado for apagado ou corrompido, a melhor opção ainda  é o software de backup. Se a ideia é mesclar backups com o poder na nuvem, o cloud backup é perfeito. Esse tipo de solução permite que, por meio da internet, os backups possam ser criados ou restaurados remotamente em diversas máquinas.

E você, usa alguma dessas soluções? Compartilhe conosco!


Compartilhe com um amigo!