Funil de vendas - O que é e para que serve?

Funil de vendas – O que é e para que serve?

Num mercado com clientes que exigem níveis de produto e serviço cada vez mais altos, conhecer seus potenciais clientes e suas necessidades, expectativas e também as suas dores é imprescindível para alavancar os seus negócios. Para tal, podemos contar com ferramentas de marketing que facilitam a atração, a retenção e a nutrição de leads.

Neste artigo, vamos abordar conceitos e aplicações da estratégia de funil de vendas, mas antes vamos entender um pouco mais sobre leads.

O que são leads?

Um lead é um contato ou cadastro qualificado. Um contato de uma pessoa ou uma empresa que demonstra de alguma maneira ter um interesse por seu produto, serviço apesar pelo tema relacionado ao seu produto ao serviço.

O que é um funil de vendas

Um modelo estratégico de consumo que desenha a trajetória, ou jornada que o cliente irá perseguir desde o primeiro contato com o seu produto e/ou serviço até a realização da compra.

Imagine um Funil, com o Topo mais espaçado, meio e fundo mais estreitos. A partir dessa organização, será possível identificar oportunidades de negócios, dar tratativas e compartilhar conteúdos relevantes com o cliente, segmentar o nível de qualificação do cliente e garantir mais fechamentos de vendas.

É importante salientar que nem todos os leads que entrarem no topo do funil irão de fato chegar ao fim dele, pois naturalmente uma parte deixa de interagir em algum ponto não chegando à conversão. Por isso é importante trabalhar numa boa atração para que cheguem ao funil apenas leads qualificados. Essa atração qualificada é feita por meio de um estudo para identificar qual o perfil de compra dos seus clientes.

Para que serve o funil de vendas?

A partir do momento em que você tem desenhado a trajetória que seu potencial cliente percorre, é possível acompanhá-lo e também conduzi-lo de modo que ele avance no funil com qualidade e chegue à última etapa de compra. 

Vamos separar o funil em 3 partes, detalhar cada etapa, como trabalhá-las e como elas podem ajudar você a converter vendas.

Topo do Funil

No topo do funil, o principal trabalho é o de trazer tráfego de pessoas que possam se tornar clientes. Os leads que estão na parte mais larga do funil geralmente não têm consciência sobre sua real necessidade, não estão buscando diretamente por um produto ou serviço e neste momento também não são considerados clientes.

Os conteúdos relevantes encontrados por ele através de buscas farão com que o cliente descubra sua necessidade e avance mais uma etapa: o meio do funil. Ainda nesta fase, interaja com o cliente através de mídias sociais e newsletters, fornecendo mais conteúdo que faça com que ele continue a interagir com sua marca.

Meio do Funil

Nesta etapa o cliente já descobriu sua necessidade e está buscando uma solução. Geralmente ele já tem a intenção de compra, mas pode estar em dúvida sobre sua empresa, produto ou serviço. Após a decisão, mais uma fase é avançada e o cliente chega ao fundo do funil. Aqui você deve apresentar soluções através de e-mail marketing, posts no blog e e-books.

Fundo do Funil

Aqui ele irá avaliar e comparar sua oferta e decidir-se pela compra. Fale abertamente sobre sua empresa e marca, compartilhe cases e avaliações de outros usuários.

Percebeu como trabalhar o funil de vendas pode ajudar a ampliar vendas? Utilize a estratégia e aproveite mais suas oportunidades de negócios identificando novas demandas, aumentando a quantidade de leads qualificados, nutrindo seus leads e fidelizando-os. Compartilhe aqui no post suas dúvidas e cases de sucesso.


Compartilhe com um amigo!