O que são cibercrimes e como evitá-los

O que são cibercrimes e como evitá-los?

Nos últimos anos, os criminosos virtuais e suas ferramentas se sofisticaram. Todos os dias são roubados dados, identidades e dinheiro, às vezes, sem que a vítima sequer perceba rapidamente. A internet é o campo onde acontecem negociações, usuários encontram empresas, fazem suas compras, então é necessário que as companhias protejam seu patrimônio e os de seus clientes.

Todo empresário precisa compreender como ocorrem os cibercrimes e passar para sua equipe a importância de se manter alerta para não cair em golpes. Descubra no nosso post o que são cibercrimes e como evitá-los. :

Roubo de informações

Informações são valiosas: dados sobre sua vida, cartão de crédito, conta bancária, senhas, sua rotina, lugares que frequenta, seu nome, entre outros tantos. Um dos roubos mais comuns é o de identidade, pois com ela os criminosos conseguem fazer compras, entre outros tipos de fraudes, e lhe causar uma dor de cabeça sem tamanho.

Isso pode acontecer de diversas formas, mas a principal delas é por meio dos sites de Phishing. São páginas clonadas de bancos e financeiras, que servem exatamente para que você insira seus dados e os criminosos possam roubá-los.

Faturas falsificadas

Essa é uma das modalidades preferidas dos criminosos cibernéticos. Eles enviam e-mails ou cartas com boletos bancários por serviços supostamente prestados, como assinatura de TV a cabo e venda de produtos. Alguns são tão bem feitos e contêm tantas informações sobre o destinatário que fica difícil distinguir de uma fatura verdadeira.

Invasão de privacidade

A invasão de privacidade pode se dar de diversas maneiras: acessar o computador de outra pessoa, ler e-mails e mensagens alheios, monitorar atividades em redes sociais e outros. Ela é caracterizada, de certa forma, por uma intromissão de alguém em sua vida, que pode utilizar essas informações para fins ilícitos.

Venda de produtos falsificados

São muito comuns os sites de venda de produtos usados ou novos, e muito comum também que cibercriminosos estejam nesses ambientes vendendo produtos falsificados como se fossem originais.

Eles utilizam a tática do preço abaixo do praticado no mercado, muitas vezes para produtos que são lançamentos e, assim, enganam pessoas que acham que estão fazendo um bom negócio.

Como se proteger dos cibercrimes?

  • Não abrir e-mails de origem desconhecida;
  • manter um antivírus atualizado;
  • utilizar sempre um antispyware (software que evita a instalação de programas espiões);
  • somente acessar suas contas bancárias ou realizar transações com cartão de crédito em redes privadas;
  • em sites onde é necessário fornecer dados, verificar se há o cadeado ao lado do endereço juntamente com o protocolo HTTPS;
  • registrar em órgão competente os cibercrimes cometidos contra você;
  • não utilizar a mesma senha para todos seus serviços;
  • alterar suas senhas periodicamente.

Além desses cuidados, bom senso e informação são armas imprescindíveis para evitar sofrer com cibercrimes. Em caso de dúvidas sobre um link ou uma página, não acesse, não realize compras, pois isso irá evitar grandes problemas no futuro.

Está vendo como é importante estar sempre alerta para evitar cibercrimes? Ajude seus amigos, colegas e colaboradores a se prevenirem também, compartilhando esse artigo com eles nas redes sociais!


Compartilhe com um amigo!