Outbound Marketing e Inbound Marketing: como funcionam?

Outbound Marketing e Inbound Marketing são termos que vêm sendo disseminados com frequência pelos especialistas em marketing e pelos estudiosos em internet. Cada um deles diz respeito a uma maneira diferente de aumentar a sua visibilidade na web e de se mostrar presente para uma gama maior de consumidores.

No entanto, esses dois termos têm diferenças expressivas, já que são vertentes com objetivos similares, mas mecanismos de atuação opostos. Nós já mostramos 5 ferramentas incríveis para Marketing Digital e agora, para ajudar a entender melhor as diferenças entre Outbound Marketing e Inbound Marketing,  vamos listar o que os difere e como cada um deles funciona! Confira!

As diferenças entre Outbound Marketing e Inbound Marketing

Imagine que você está navegando por um site e de repente um pop-up se abre. Seu instinto é fechar o anúncio ou ver do que se trata? Agora, imagine que você tem uma dúvida e decide procurar no mecanismo de busca do Google como solucioná-la.

Na primeira situação a propaganda chega até você quase que de forma involuntária, já na segunda é você quem busca pelo produto ou serviço, mesmo que essa ainda não seja a sua intenção. Isso significa que, enquanto um Outbound é mais invasivo, o Inbound recebe, pela sutileza, a confiança de seu cliente.

Além disso, podemos dizer também que o Outbound e o Inbound Marketing diferem quanto ao custo, mensuração de resultados e linguagem, direta e indireta. O meio tradicional tem custos mais elevados, além disso, possui um processo de recolhimento de dados mais difícil e uma linguagem indireta, pois ele não detecta a princípio o consumidor que receberá o conteúdo.

O funcionamento do Outbound Marketing

Nós conhecemos o Outbound como o marketing tradicional, aquele nascido na década de 1950, no período pós-guerra. Ele funciona de diversas formas e, com o advento da internet, ganhou também a função de levar marcas e produtos para um número cada vez maior de pessoas. Nós já te ensinamos maneiras de melhorar seu posicionamento de marca com dicas importantes, agora vamos contar também como funciona Outbound nesse meio.

Propaganda Tradicional

Os flyers, banners e os comerciais inseridos em vídeos são modos tradicionais de propagar sua marca ou serviço. Por isso, são conhecidos por  prospectar clientes de forma mais ativa e, normalmente, usado por empresas B2B com alto ciclo de vendas e B2C com baixo ciclo de vendas.

As vendas Outbound centram o papel de divulgador exclusivamente ao vendedor, que vai atrás dos potenciais clientes e os oferece o que acredita ser importante para as suas vidas. Normalmente, são ideais para produtos que geram valor, mas que dificilmente serão pesquisados pelos clientes, já que nem sempre conhecem seu impacto.

O habitual é as empresas comprarem listas de leads e fazerem contato direto por meio de ligações para oferecer os produtos. Ou que usem de seu próprio site para captar as informações dos clientes e depois oferecer seus produtos e serviços.

Além disso, eles também conseguem vincular suas propagandas em horários nobres, vídeos de alto potencial de visualização ou sites e portais de notícias de impacto social, aqueles que possuem uma grande quantidade de leitores ativos.

O Google AdWords tem espaço para esse tipo de marketing e criou ferramentas capazes de ajudar o anunciante a inserir sua propaganda em páginas de alta relevância e com um público-alvo como o seu. Por isso, não pense que o Outbound Marketing só pode ser usado em mídias tradicionais como televisão, revistas e jornais. A internet é, de fato, muito diversificada.

A atuação do Inbound Marketing

O termo vem ganhando cada vez mais espaço por ser apontado pelos especialistas como o Novo Marketing. Capaz de selecionar melhor os seus consumidores, com pesquisas de público-alvo e geração de leads, as ações de Inbound são vistas como mais eficazes e menos agressivas e invasivas. Isso faz com que o público se torne não apenas cliente, mas também um seguidor de sua marca ou um promotor espontâneo de seu produto.

Nós já explicamos o que o termo lead significa, assim como transformá-los em clientes e agora é hora de elucidaremos melhor como esse método funciona.

Estudo dos clientes em potencial

O primeiro passo para o Inbound está em entender o mercado, como o consumidor se comporta e quais as suas necessidades. Para isso, é costume que os profissionais da área façam uma pesquisa minuciosa sobre os seus clientes e encontrem o que chamamos de persona, que nada mais é do que o perfil de consumidor ideal.

Com isso em mãos, é hora de entender o comportamento dessas pessoas e encontrar as suas principais dúvidas. Isso porque, o objetivo do Inbound Marketing é guiar o cliente pelo que chamamos de Jornada do Consumidor, educando essas pessoas a entender suas necessidades.

Ou seja, ajudá-las a encontrar uma maneira de solucionar os seus problemas para só depois se dar conta de que existe um produto ou serviço capaz de acabar com aquela dificuldade.

O mais comum é que esse processo aconteça por meio de conteúdos relevantes. Podem ser textos em blogs e sites próprios que te ajudem a mostrar o seu serviço e marca, mas de forma que não pareçam uma propaganda da empresa.

Por exemplo, imagine que seus clientes estão em busca de uma casa na praia, mas começam a busca pelas melhores cidades para morar. Com um texto que mostre os benefícios da cidade em que sua imobiliária está, você educa o cliente sobre o assunto e vai guiando esses internautas por outros textos que falam sobre temas similares, até que chegue aos serviços que você oferece.

Nesse modelo de marketing digital também existe uma equipe de vendas, que é treinada para atender os clientes que já estão preparados para comprar e para guiar os que ainda não estão nesse momento. Isso te ajuda a não perdê-las e focar o seu esforço de vendas apenas em pessoas realmente interessadas, o que te ajudará a economizar tempo e dinheiro.

O importante é entender que tanto o Outbound Marketing quanto o Inbound Marketing têm seu espaço no meio digital e que cada um deles é ideal para uma proposta de marketing e para o modelo e objetivo de seu negócio. Ambos podem, sem dúvida, conviver em certas estratégias de marketing. Pense nisso!

Por isso, é preciso conhecer bem sua empresa, seu público e se manter sempre atualizado sobre as ferramentas e táticas utilizadas na hora de vender. Gostou do conteúdo sobre Outbound Marketing e Inbound Marketing? Assine a nossa newsletter e receba novos artigos em primeira mão!


Compartilhe com um amigo!