Plano de Ação de Marketing 2017: como criar o seu?

2017 deve consolidar ainda mais uma forte tendência do marketing nos últimos anos: a preocupação das empresas com imagem de sua marca perante seus clientes. Em função disso, o Plano de Ação de Marketing estará presente nas companhias, para conceder uma boa visibilidade perante seu público.

Um bom gestor não subestima o peso do Marketing para seus resultados e certamente se dedica minuciosamente à elaboração de seu planejamento. Este artigo foi feito para ajudá-lo a criar um Plano de Ação de Marketing inteligente para o próximo ano.

Como fazer um Plano de Ação de Marketing?

O segredo para construir um Plano de Ação de Marketing bem estruturado e que atinja o objetivo da empresa é conhecer bem o mercado em que a instituição atua.

Desde o primeiro rascunho do Plano de Ação de Marketing até a sua execução, haverá a influência do comportamento geral observado no setor em que a empresa atua. Além disso, quando a instituição acompanha de perto as atitudes de seu mercado, ela consegue elaborar, com mais facilidade, estratégias para seu projeto.

Como definir as estratégias?

Que métodos serão adotados para atingir o objetivo do Plano de Ação de Marketing?

Reúna sua equipe para realizar o planejamento das estratégias. Uma boa prática é fazer uma recapitulação de tudo que envolve esse projeto, ou seja: os objetivos e metas da empresa. Durante a reunião, ouça e anote todas as sugestões relevantes que forem apresentadas.

Após a fase de seleção de ideias, reúna todas as informações que ajudem a construir um esboço focado no objetivo do Plano de Ação de Marketing. Essa etapa deve ser feita com cautela e zelo, pois é dela que depende o sucesso de todo o projeto.

Como conhecer seu público-alvo?

Daniel Newman, CEO da empresa Broadsuite Media Group e redator da revista Forbes, explicou que uma das tendências de marketing para 2017 é o foco na experiência do consumidor. Sendo assim, faça uma averiguação minuciosa dos hábitos de consumo de seus clientes. Pergunte-se:

  • Que tipo de produtos e serviços atrai meu público-alvo?
  • Como posso atingir as suas necessidades mais importantes?
  • Como eles têm reagido aos serviços e produtos oferecidos pela minha empresa?

Por exemplo, digamos que uma companhia deseje aumentar suas vendas no ano seguinte. Ao fazer uma pesquisa sobre o comportamento de seu público-alvo, o gestor dessa empresa percebe que, para elevar as vendas, é preciso investir em marketing digital. Dessa forma, o Plano de Ação de Marketing da instituição será embasado na presença de sua marca no mundo digital.

Se sua companhia personalizar as estratégias de marketing de acordo com seu público, a resposta deles será imediata: haverá identificação e um maior grau de satisfação com sua marca, e eles se tornarão seus fãs e divulgadores.

De que forma a concorrência pode ajudar?

Em vez de rejeitar a hipótese de aprender com a concorrência, é melhor analisar os benefícios dessa prática.

Ao observar outras empresas que atuam em sua área, o gestor tem oportunidade de aprender de ações bem-sucedidas realizadas por elas. Dessa forma, ele consegue adaptá-las para a realidade de sua empresa e, então, oferecer algo diferenciado aos seus clientes.

Além disso, sua empresa também é capaz de observar o que não deu certo em uma campanha da concorrência e evitar seguir o mesmo caminho. Desse modo, o gestor evita prejuízos e lança um Plano de Ação de Marketing bem-direcionado para seu público.

Que ações devem ser tomadas?

De posse dessas valiosas informações, é chegada a hora de determinar quais ações serão tomadas para alcançar o objetivo do projeto de marketing. Vamos retornar ao exemplo da empresa que decide investir em marketing digital. Nessa fase, os gestores decidirão se a campanha será viral ou mais comedida.

Além disso, é preciso resolver como será feito a marketing digital. Por exemplo, a empresa vai usar quais ferramentas? São opções:

Seja qual for à modalidade do marketing digital que escolher, é preciso ser bem criativo para que sua marca possa se diferenciar no universo digital.

Quais táticas adotar?

Nessa etapa da construção do Plano de Ação de Marketing, a empresa começa a colocar em prática as ações que foram delineadas para o projeto.

Sendo assim, é nesse momento que se define quais os recursos a serem utilizados para atingir o objetivo da campanha de marketing, bem como o período de início e término da realização das táticas.

Seguindo a situação hipotética que criamos neste artigo, digamos que a equipe de gestores decidiu que o projeto será feito por meio do marketing em redes sociais. São algumas perguntas a serem feitas:

  • Será preciso contratar uma empresa especializada em campanhas corporativas em rede sociais?
  • Como será a divulgação do produto nessas mídias?
  • De que forma a empresa usará essa ferramenta para obter informações de potenciais clientes?

Outro exemplo de tática a ser explorada nesse Plano de Ação de Marketing é o uso das datas comemorativas com relevância no setor em que a empresa atua. Por exemplo, caso a companhia seja do mercado imobiliário, a campanha de marketing nas redes sociais pode ser intensificada no último bimestre do ano.

Promoções e ofertas de imóveis motivam o cliente a entrar no novo ano com sua casa própria. Dessa maneira, a instituição aumenta suas vendas e sua influência no mercado imobiliário.

Porque manter um calendário de comunicação?

De nada adianta seguir todas as sugestões abordadas aqui, se os gestores não implantarem um calendário de comunicação. Isso pode ser feito por meio de reuniões programadas entre a alta administração da empresa, para discutir sobre o andamento e os resultados do Plano de Ação de Marketing. Nesses encontros, será possível perceber se as táticas e estratégias de uma campanha de marketing estão funcionando e identificar o que precisa ser modificado.

Tão valioso quanto agendar encontros entre os gestores, é manter abertas as linhas de comunicação durante todo o projeto. Para isso, existem plataformas virtuais que integram toda a equipe e permitem a troca de informações em tempo real. Assim, todos os envolvidos na campanha terão conhecimento sobre o seu andamento.

Portanto, comece o ano de 2017 montando um brilhante Plano de Ação de Marketing e colha os bons resultados na sua empresa pelos próximos anos.

O que achou de nosso post? Conseguiu entender como fazer um Plano de Ação de Marketing para 2017? Curta nossa página no Facebook e receba sempre conteúdo valioso na sua timeline!


Compartilhe com um amigo!