segurança-cibernética

Segurança Cibernética: Como convencer sua diretoria a investir nela

A segurança cibernética tem grande importância para sua empresa e para o desempenho do seu negócio, pois evita a ocorrência de incidentes variados que resultam no vazamento de dados.

A importância da segurança cibernética está diretamente relacionada aos gastos gerados pelas violações sofridas por uma organização.

Esses gastos são destinados a reparar os danos sofridos e giram em torno de US$ 1,24 milhão anual em escala nacional.

Tratam-se de investimentos para combater crimes digitais que podem ocorrer a qualquer momento.

Os incidentes variam de e-mails fraudulentos, vírus, malware, até tentativas de ransomware. E quanto maior o vazamento – ou seja, o número de dados roubados – maior é o dano sofrido.

Apesar de todas as evidências de regularidade dos ataques cibernéticos e roubo de dados, além da grande quantia perdida pelas organizações, a segurança cibernética não recebe a atenção devida.

Mesmo com a existência de certa verba destinada à segurança cibernética, seus líderes de TI consideram que o valor investido atualmente não é suficiente. Principalmente em pequenas e médias empresas, onde o valor dos investimentos são baixos.

Muitos questionamentos podem ser feitos pela diretoria da sua organização quando você pedir por outros investimentos em segurança cibernética. Porém, como abordar as ideias que possam esclarecer a importância do seu investimento?

Continue lendo este post. Iremos te ajudar a convencer a sua diretoria a respeito da importância dos investimentos em segurança cibernética para que o seu negócio tenha pleno funcionamento.

Como convencer a sua diretoria a investir em segurança cibernética

A seguir, iremos discorrer sobre algumas atitudes práticas que você pode ter para convencer a sua diretoria a investir em segurança cibernética.

Se você acha que essa é uma tarefa impossível, ao final da leitura, você pensará diferente. Fique ligado.

Qual a relevância da segurança cibernética para a nossa empresa?

Essa é uma pergunta muito comum, principalmente, em organizações de pequeno e médio porte. E isso se justifica pelo fato dessas empresas realizarem parte substancial de seu trabalho off-line.

Logo, existem algumas barreiras que você possivelmente enfrentará quanto a esclarecer a importância da segurança cibernética para o negócio com o qual sua empresa trabalha.

O primeiro ponto a seu favor é: qualquer empresa que lide com dados pessoais deve investir em segurança cibernética para garantir que esses dados armazenados estejam em segurança.

E esse investimento é ainda mais necessário para atender especialmente aos requisitos da nova legislação já aprovada no Senado, que entrará em vigor em 2020.

De acordo com as novas regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), qualquer informação que possa identificar uma pessoa será considerada como dado pessoal.

Sendo assim, dados dos clientes da sua empresa como nome, local e endereço IP devem ser protegidos devido ao valor existente e determinado, agora, por lei.

Tendo um argumento de peso como esse, você pode iniciar sua abordagem de convencimento se baseando em dois dos maiores medos de uma diretoria:

  • Problemas financeiros;
  • Perda de reputação.

Explique à equipe de diretores as multas e sanções que a empresa pode enfrentar caso se descubra a falta de proteção adequada contra violações de dados.

Essas multas podem chegar a R$50 milhões ou a um valor correspondente a 2% do seu faturamento anual. São valores que nenhuma diretoria gostaria de gastar, principalmente por uma falha de gestão.

E, ademais, mostre a eles o risco de perdas econômicas e financeiras aos quais estarão sujeitos, além da possibilidade de prejuízo da reputação com consequente perda de clientes.

Um mito em segurança cibernética

Ao analisar os custos envolvidos em aquisições de sistemas de segurança cibernética, sua diretoria não estará considerando também os custos de empregar ou treinar alguém para implementá-los.

Por isso, você também deverá alertá-los sobre esses custos necessários na implementação dos sistemas de segurança cibernética.

Caso seja considerado um gasto excessivo, você pode sugerir a terceirização de todas as necessidades de segurança cibernética da empresa. Essa decisão faz com que a sua empresa economize em custos trabalhistas.

Dessa forma, a empresa também contará com a experiência e o conhecimento adequados de uma equipe de especialistas confiáveis, como a Eco IT pode oferecer.

A falta de conhecimento a respeito dos riscos

Muitos dos diretores das organizações nunca foram atualizados sobre questões de segurança cibernética e não conhecem os riscos existentes com a ausência de uma segurança cibernética eficiente.

Por isso, eles não percebem a ameaça e consequências às quais a empresa está sujeita.

Nesse caso, você pode aumentar rapidamente suas chances de garantir novos investimentos através do desenvolvimento de relatórios, detalhando o nível de risco, possíveis ameaças e propondo soluções.

Assim, periodicamente, você pode encaminhar atualizações para mostrar o progresso obtido com as novas aquisições de segurança cibernética.

“Assumo o risco e gasto o dinheiro em caso de incidente”

Ouvir isso de algum membro da diretoria da sua empresa pode ser bem frustrante quando você é responsável pela segurança cibernética.

Muitas organizações acreditam estar imunes às violações de segurança. Então, por que deveriam investir em segurança cibernética?

E caso algo aconteça, a diretoria pensa que certamente custará menos lidar com um incidente emergencial e com a recuperação do que foi perdido, do que investir em sistemas e equipes de segurança cibernética.

Para essa situação, basta você explicar aos seus diretores as perdas financeiras e econômicas que a empresa pode sofrer se uma violação de segurança ocorrer.

Tais violações podem fazer com que a plataforma de e-mails ou as bases de dados da organização parem de funcionar, causando uma perda quase total de produtividade.

E, isso sem levar em consideração os prejuízos causados por roubo de dados armazenados pela empresa, multas enormes, perda de clientes e negócios, causados por imagem difamada.

Procure basear o seu argumento nas perdas projetadas, caso isso aconteça, comparando-as com os custos dos investimentos necessários em segurança cibernética.

E lembre-se de sempre adverti-los que as possibilidades técnicas para recuperação de um incidente podem ser limitadas e o prejuízo inestimável. Logo, ficará claro qual é a melhor opção.

Mas por onde devo começar os investimentos em segurança cibernética?

Você pode não saber a resposta para esse questionamento de imediato, e por diversos motivos.

Seja por não conhecer a maturidade da segurança da sua empresa ou por não conseguir extrair relatórios que demonstrem o nível de risco ao qual o negócio está exposto.

O ideal, portanto, é considerar a contratação de uma consultoria especializada em segurança cibernética. Essa irá avaliar seus sistemas, nível de maturidade e levantar as informações necessárias para você basear sua argumentação.

Esse suporte obtido com uma empresa de consultoria, como é o caso da Eco IT, servirá para apoiar todos os projetos de segurança cibernética que tenha em mente, trabalhando com uma melhor viabilidade para sua empresa.

Vendo o quão importante e essencial é o investimento inicial em uma consultoria especializada, você estará melhor preparado a ajudar sua diretoria e conselho a entenderem melhor o que é segurança cibernética.

E você conseguirá passar a todos a confiança de que todos os investimentos mostrados são adequados e fundamentais para um melhor desempenho do seu negócio e trará maior conscientização digital.

E para conhecer mais sobre segurança cibernética, não deixe de acompanhar a Eco IT e ficar de olho nos nossos conteúdos. E aproveite para nos contatar se preferir.


Compartilhe com um amigo!